Vinho e queijo: qual a melhor combinação?

Se você está pensando em juntar os amigos e preparar aquele clássico encontro vinhos e queijos, nossa dica é: esqueça os vinhos tintos e prepare os vinhos brancos e espumantes. Salvo raras exceções, em regra, os taninos do vinho tinto não se dão bem com a gordura dos queijos. Na boca a sensação de adstringência tende a se acentuar quando consumido juntamente com os queijos. E esta sensação não é das mais agradáveis!

Há algumas combinações clássicas, tais quais: queijo Roquefort combina bem com vinhos da região de Sauternes da França. A doçura deste tipo de vinho contrasta e ajuda a equilibrar o salgado do queijo; o queijo de cabra tende a combinar bem com vinhos feitos da uva Sauvignon Blanc. Ambos possuem uma boa acidez; queijos de casca lavada, normalmente combinam bem com vinhos provenientes da Alsácia, em especial das uvas Gewurztraminer e Riesling, que possuem um leve toque de doçura na boca. Já a mussarella de búfala pode combinar bem com estilos de vinhos que preserva seu frescor. A dica pode ser um leve Rosé ou um vinho branco seco da uva Catarratto, da quente região da Sicília.

Mas se você é daqueles que não dispensa o vinho tinto em nenhuma ocasião, a nossa dica é procurar harmonizar tintos leves, com pouca estrutura, com queijos curados, que normalmente possuem gosto mais forte. Vinhos da uva Gamay, por exemplo, podem ser uma boa possibilidade.

Fica aí algumas dicas, mas lembre-se: experimente sempre e procure você mesmo descobrir o melhor jeito de apreciar o seu vinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.